Desastres nucleares

O que deve Saber

Gostar desta página

Tempo

Desastres nucleares

Para se proteger da radiação de um desastre nuclear, existem 3 factores iniciais que deverá ter em consideração: distância, abrigo, tempo.

Distância: quanto mais se puder afastar do local do desastre, melhor.
Abrigo: quanto mais denso e profundo for o abrigo, melhor. Abrigos subterrâneos em cimento ou betão que o possam isolar da radiação são mais eficazes.
Tempo: os primeiros dias e, principalmente as primeiras horas, são os de maior intensidade da radiação. Afaste-se, abrigue-se e espere.

Algumas sugestões sobre o que fazer:

Antes
  • Tenha sempre à mão a sua mochila de sobrevivência. Inclua artigos como comida de longa duração, água, um rádio portátil a pilhas ou de carregamento manual, lanternas e um stock de pilhas extra. Considere  a possibilidade de ter um kit de emergência adicional no seu carro para o caso de ser necessário evacuar rapidamente.
  • Planifique com a sua família o seu plano de emergência. Os seus familiares poderão não estar consigo no momento do desastre e é importante que saibam como agir em caso de emergência, como se encontrarem, como entrar em contacto (canais de comunicação) e quais as rotas e percursos de evacuação.
  • Saiba quais são os locais definidos pelas entidades oficiais destinados a abrigo para estes casos. Se não houver nenhum local designado, faça uma lista de locais potencialmente adequados para abrigo, perto da sua residência (caves, subterrâneos, tuneis, etc).
  • Se considerar que o risco é elevado, aumente o seu stock de água e alimentos de emergência para um período de 2 semanas.
Durante
  • Esteja informado e ouça atentamente as informações prestadas pelas entidades oficiais e comunicação social. Com base na informação disponibilizada, poderá ser solicitado a proceder à evacuação da área atingida.
  • Descubra o local mais próximo, com condições para servir de abrigo, preferencialmente construído em cimento e betão. Mantenha-se no interior e evite sair para o ar livre.
  • Execute o seu plano de emergência. Durante os primeiros minutos, se tiver condições, desloque-se para um abrigo mais protegido, definido no seu plano de emergência.
  • Mantenha-se o mais protegido possível e fique onde está, mesmo que esteja separado da sua família, pelo menos durante o período em que a radiação é maior. Pelo menos 24 horas, a menos que exista informação oficial em contrário.
Depois

Na maioria dos casos, as pessoas que se encontram nas áreas afectadas, podem abandonar os abrigos após alguns dias. Quando receber informação para voltar a casa, recorde o seguinte:

  • Mantenha-se atento às informações oficiais e notícias da comunicação social. Receberá certamente informação sobre locais a evitar e procedimentos específicos para a sua área.
  • Fique afastado das áreas perigosas. Esteja atento aos sinais e placas de aviso. Lembre-se que a radiação não pode ser detectada pela visão, olfacto, ou outros órgãos sensoriais do corpo humano.
Saber mais
Tem alguma dúvida?

Poderá tirar a sua dúvida aqui. Responderemos assim que possível.

0