Furacão Katrina, EUA (2005)

Um dos desastres naturais mais conhecidos por ter sido transmitido na televisão.

Na manhã do dia 29 de agosto de 2005, a tempestade tropical que se tinha formado nas Bahamas atingiu o litoral sul dos EUA, onde rapidamente passou da categoria um para a cinco, na escala Saffir-Simpson de furacões (em uma escala de um até cinco).

Nos dias imediatamente anteriores, o impacto da tempestade fora amplamente antecipado pelos meteorologistas e cientistas, que alertaram para a possibilidade de cheias de proporções épicas.

Resultado de imagem para katrina hurricane

Mas apesar da ordem de evacuação obrigatória da cidade, mais de cem mil dos seus 483.663 residentes permaneceram em casa, ou por não terem condições e meios para sair, ou por se recusarem acreditar que o furacão que aí vinha era o “Big One”, prometido há décadas.

Para milhares de pessoas começava ali uma desesperada batalha contra os elementos e pela sobrevivência.

Em pouco mais de cinco horas, a força destruidora do Katrina arrasou mais de 200 quilómetros de costa, deixou 80% da cidade submersa e matou quase duas mil pessoas, naquele que continua a ser o desastre natural mais devastador da História dos Estados Unidos.

Conheça os sismos mais recentes ocorridos no planeta

0