O que é indispensável ter em qualquer tipo de desastre ou catástrofe?

Algumas das consequências resultantes de uma catástrofe, podem incluir ferimentos, ligeiros ou graves, privação, necessidade de evacuação, separação da família e perda de bens, para além dos efeitos económicos que esse evento pode gerar na comunidade a curto e médio prazo.

Apesar de haver pouco ou nada que possa fazer para impedir que um desastre natural aconteça, há no entanto, muito que pode fazer para se preparar para essa eventualidade.Veja abaixo uma lista com alguns itens essenciais que precisa ter sempre por perto, seja uma simples falta de energia ou um apocalipse, irá garantidamente necessitar deles.

1. Água

A água é essencial para a existência humana.É vital ter água para sobreviver a um desastre e a regra básica é ter para consumo, pelo menos, um 1,5 litros de água, por pessoa, por dia. No entanto este valor pode variar em função da estação do ano, da humidade, da atividade física e de outros fatores, pelo que se apontar para 3 litros por pessoa, por dia não será exagero. Não esqueça que também precisa de água para limpeza e saneamento. Caso não tenha espaço suficiente para armazenar muita água ou se seu reservatório de água for destruído durante o desastre, considere também ter por perto uam forma de de coletar e purificar a água.

2. Alimentação

A próxima coisa na sua lista deve ser comida e, especificamente, deverá concentrar-se em produtos não perecíveis, como carnes enlatadas e legumes, ou feijão e arroz branco. Esses tipos de alimentos podem durar meses, o que os torna altamente valiosos.Tente garantir que cada adulto tenha pelo menos duas mil calorias para consumir todos os dias. Você também deve se esforçar para ter um bom equilíbrio de refeições diferentes.

3. Kit primeiros socorros

De seguida, na sua lista de items essenciais vem o kit de primeiros socorros. É importante porque, em caso  de desastre ou catástrofe, você pode não ter acesso a um hospital ou a receber ajuda médica profissional. Pode também acontecer que os hospitais fiquem tão sobrecarregados que não seja possível  ajudar todos os feridos. Assim, numa primeira fase, todos os ferimentos sofridos por alguém da sua família ou do seu grupo terão de ser tratados por si.Também é importante observar que mesmo em lesões aparentemente mínimas podem transformar-se num grande problema. Um simples corte ou arranhão pode parecer pouco importante, mas na verdade pode causar uma infeção grave que reduz severamente a sua capacidade de sobrevivência.O kit de primeiros socorros deve ser revisto pelo menos uma vez por ano para verificação da validade dos produtos.

4. Kit de sobrevivência

Muitas pessoas acham que, para estarem preparadas para um desastre, precisam dedicar as suas vidas à preparação e ter uma imensidão de artigos e gadgets.A regra é: não é essencial, não é para aqui.  Obviamente, quanto mais opções tiver, melhor. Mas tenha atenção ao peso final da sua mochila ou Kit. Geralmente, muitos artigos significa muito peso e, portanto, maior dificuldade em transportar numa saída de emergência ou evacuação.  Artigos que sejam polivalentes e cumpram várias funções são sempre bons. Algumas opções podem ser: Canivete multifunções, Lanterna com pilhas, pilhas extra, corda, apito, isqueiro, rádio AM/FM, poncho impermeável,etc.

5. Cópias de documentos

Este é um detalhe que pode ser importante. Imprima e guarde em bolsa impermeável cópias dos documentos de identificação, seguros, passaporte, lista de doenças ativas e/ou medicamentos que toma regularmente e também os seus contactos em caso de emergência.Esses dados vão ser valiosos para se identificar, dar a conhecer dados pessoais relevantes e contactos de emergência, se não tiver o seu telemóvel a funcionar.

6. Fonte de energia alternativa

Em muitos tipos de desastres e catástrofes, a energia elétrica pode ser uma das primeiras coisas a falhar. Ter uma fonte de energia alternativa pode ajudar a aliviar os problemas que surgem quando o abastecimento energético é interrompido. Uma das opções mais populares é um gerador. Mas para a maioria das pessoas que vive em apartamentos, nas grande cidades, essa não é uma opção. Além disso, os geradores são barulhentos e caros, sem mencionar que precisam de combustível, o que complica ainda mais as coisas.Mas existem outras opções que pode considerar, como como painéis solares. Existem pequenos painéis solares no mercado que lhe podem dar energia necessária para comunicar ou ouvir as notícias.No limite, também pode aprender a viver num mundo sem energia elétrica. Não será fácil, mas não é impossível.

7. Ter um plano de emergência preparado

Deve preparar, junto com a sua família, um plano de emergência com procedimentos a utilizar em caso de desastre. É especialmente útil para se re-encontrar ou reconetar com os seus familiares imediatos e outros parentes ou amigos que morem nas proximidades.Pode, por exemplo, definir e configurar um ponto de encontro onde todos se encontrarão, trocar informações de contatos de emergência e ajustar quais os items de comunicação de emergência a utilizar, como rádios  CB ou outros tipos de comunicação alternativa.

8. Ter um plano para os seus animais de estimação

Já pensou como vai cuidar de seus animais de estimação, em caso de desastre? Os seus animais de estimação também são da sua família. Ter à mão comida em quantidade suficiente e um plano para transportar os seus animais de estimação em caso de evacuação, é importante. Guarde uma trela e um açaime suplementar para não correr o risco de se esquecer disso nos momentos de maior stress. Medicamentos e um brinquedo podem também ser úteis.  ConclusãoIndependentemente do tipo de desastre ou catástrofe natural ou outra que possa ocorrer, os preparativos acima descritos são aqueles mais falta irão fazer. Esteja preparado para fazer face a uma situação de emergência.
Desta forma poderá, mais facilmente, gerir e ultrapassar uma situação de crise,
proteger-se a si e aos seus familiares.

Mochilas de Emergência

0