Sismo no Paquistão (2005)

Na manhã de 8 de outubro de 2005, um forte tremor de 7,6 graus na escala Richter atingiu o Paquistão.

Zahid Hussein/ REUTERS

Também conhecido por sismo de Caxemira, dado que o epicentro foi na nesta região, a 95 quilômetros da capital Islamabad.
Foi um dos piores terremotos de sempre naquele país. Vilas inteiras foram destruídas.
Depois do sismo, os deslizamentos de terra e as chuvas ainda dificultaram mais a chegada de socorro aos sobreviventes.

De acordo com o governo local, cerca de 75 mil pessoas morreram.

O terremoto provocou também cerca de cem mil feridos e afetou mais de 3,5 milhões de pessoas.
Na zona mais danificada do país, a região himalaia da Caxemira onde foi localizado seu epicentro,  ficaram destruídos 3.680 escolas do ensino primário e secundário, bem como 2.366 quilómetros de estradas.

O terremoto também foi sentido na Índia, no Afeganistão e Bangladesh.
Pelas estimativas da ONU, este sismo afetou quatro milhões de pessoas, sendo dois milhões e meio de desalojados nos quatro países.

Conheça os sismos mais recentes ocorridos no planeta

0