Vulcão nas Ilhas Canárias, pode entrar em erupção nos próximos dias

Desde o dia 11 de setembro que se regista grande atividade sísmica na região do vulcão ativo Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, no arquipélago das Canárias.
Até hoje, o Instituto Geográfico Nacional (IGN) de Espanha já registrou 4.530 terremotos na região.
Assim, as autoridades lançaram um alerta de risco de uma possível erupção vulcânica na ilha.
Devido ao aumento da magnitude dos sismos, o comité cientifico do Plano de Prevenção de Riscos Vulcânicos nas Ilhas Canárias elevou na terça-feira,  14 Setembro, para amarelo o alerta de risco de uma possível erupção.
Na reunião de quarta-feira, o comité decidiu manter o risco em amarelo, mas advertiu que “é provável a ocorrência de terramotos com mais intensidade”.

O “Cumbre Vieja” é um vulcão activo situado na ilha de La Palma, arquipélago das Canárias, com 1949 metros de altitude.
A sua última erupção ocorreu em 1971. O vulcão encontra-se atualmente sob vigilância constante pelo fato de haver falhas na estrutura da ilha que o sustenta, o que poderia causar o colapso ou desmoronamento desta ilha no leito oceânico, provocar um super terremoto e a formação de um megatsunami de caráter global, que poderá atingir toda costa leste das Américas, a costa oeste africana e todo litoral europeu ocidental.

O canal BBC2 transmitiu o documentário “Megatsunami; Onda da Destruição“, que se sugere que um colapso futuro do flanco ocidental da “Cumbre Vieja” poderia causar um mega-tsunami.

Mochilas de Emergência

0
anomalia campo magnéticoárvore General Sherman